Publicado por: institutovialux | 22/04/2013

CRENÇAS


 

Henry Ford, o criador, entre outras coisas, da linha de produção, costumava dizer: – “Se você acha que pode, você tem razão. Se você acha que não pode, também você tem razão”.

Esta frase pode ajudar a definir o que é uma crença.

Crença é, exatamente, aquilo que você acredita e que faz sentido pra você, não importando seu significado para as outras pessoas.

Também pode ser associada à fé, uma vez que o simples acreditar é um sintoma de fé, que é uma crença. Em qualquer coisa. Em Deus, anjos, santos, Papa, forças da natureza, mentores, na luz, no ser humano, no Universo.

Realmente, há vários tipos de crenças, tais como, religiosas, culturais, sociais, familiares, de raça, de comunidades, de faixas etárias, sobre a vida, sobre amor, fidelidade, saúde, sorte ou azar, felicidade, e principalmente, sobre si mesmo.

Como exemplos de crenças, temos o Monoteísmo, que acredita em um só Deuse o Politeísmo, que acredita em vários deuses. Qual a verdade?

Além disso há também, o Henoteísmo, que acredita em vários deuses, mas com um supremo a todos. O Ateísmo, que não crê na existência de deuses. O Agnosticismo, que versa sobre a questão da existência ou não de um Deus não ter sido resolvida. Satanismo, que acredita em satã.

A crença não contempla a razão, não tem lógica. Você pode acreditar no que quiser. Há pessoas que acreditam em coisas que você pode considerar as mais absurdas, porque não fazem parte de seu conjunto de crenças. Cada um tem suas próprias crenças.

As crenças são um campo muito fértil. Por exemplo, Em algumas regiões do planeta, se você passar sua mão sobre a cabeça de uma criança, você estará roubando aquela pequena alma. E pode até sofrer agressão física por isso.

Nossa vida é toda regida por crenças, em todos os campos. Acreditamos no poder do trabalho, por isso trabalhamos. Acreditamos nas pessoas, por isso confiamos nelas. Acreditamos que o avião sempre vai chegar ao destino, então, voamos. Acreditamos em nosso cônjuge, construímos a vida com ele e fazemos planos para o futuro.

Vivemos de crenças. Até a falta de crença é uma crença.

Nossas crenças, portanto, criam a nossa realidade, pois só seguiremos um caminho no qual acreditamos e só faremos coisas nas quais acreditamos.

Portanto, observe suas crenças e selecione aquelas que o beneficiam e aquelas que limitam sua vida. Estas, certamente, podem ser mudadas.

Acredita????

Madalena Junqueira – www.institutovialux.com.br

madalenajunqueira@institutovialux.com.br  /  Facebook: Madalena Junqueira

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: