Publicado por: institutovialux | 30/12/2012

A MUDANÇA PARA 2013


 

Quando vai se aproximando o fim do ano as pessoas começam a adiar, protelar e deixar algumas coisas para o “ano que vem”.

– “No ano que vem tudo vai ser diferente. Tudo será melhor e mais fácil.” Aqueles objetivos mais desafiantes, tais como, mudar de emprego, fazer dieta, academia, visitar parentes, arrumar a papelada, armários e gavetas, fazer check-up médico, entre outros, vão sendo postergados.

Acredito que todo mundo, ou pelo menos, a maioria das pessoas, têm grandes sonhos, desejos e esperanças e, especialmente, muita confiança no ano que se inicia.

É como se o Ano Novo trouxesse “milagres”. Oportunidades diferentes de todas aquelas que já tiveram.

Existem vantagens e desvantagens em se comportar assim.

Vantagens: você ganha tempo para se preparar melhor.

Desvantagens: atrasar uma realização que poderia já estar em andamento. Não só atrasar, mas talvez, até, perder a chance de realizar, pois muitos projetos acabam sendo esquecidos e, novamente deixados para o “para o ano que vem”.

Tudo o que você deixa “para o ano que vem” pode acontecer, ou não. Às vezes pode até demonstrar um lado seu de procrastinação, de deixar as coisas pra depois, de não assumir realmente o que você quer, ou, pior ainda, de não saber exatamente o que quer.

Se você fizer um balanço do último ano, ou melhor, dos últimos anos, sobre tudo que vem acontecendo, perceberá se existe ou não este padrão em você. Que talvez, até o momento, você ainda não tivesse percebido.

Se for este o seu caso, você entenderá porque nem sempre consegue o que quer obter da vida.

De fato, as coisas não mudam, com a virada do ano. Nós é que devemos modificar algo em nós, para darmos oportunidade à Vida para mudar as coisas. Uma mudança de ano é apenas um dia após o outro.

Na PNL, um dos principais pressupostos, que são princípios orientadores para nossas vidas, é o de que “se o que você está fazendo não está trazendo o resultado que você quer, faça diferente, pois se você continuar a fazer tudo do mesmo jeito, só vai conseguir os mesmos resultados”.

Eu gosto de um texto de Edson Marques (também atribuído a Clarice Lispector) sobre mudanças. Entre outras coisas ela diz:

“Mude!

Não faça do hábito um estilo de vida. Ame a novidade.

Experimente coisas novas. Troque novamente. Mude de novo. Experimente outra vez.

O mais importante é a mudança, o movimento, o dinamismo, a energia. Só o que está morto não muda!”

O que eu entendo desse texto é que, da maneira que levamos a nossa vida até hoje, conseguimos chegar até aqui, até o ponto onde estamos, sob nossa inteira responsabilidade.

Às vezes nos recusamos a mudar algo, a arriscar, por medo da novidade que, certamente, pode trazer certa insegurança, justamente por ser desconhecida.

O nosso cérebro é movido por comandos, os quais ele costuma obedecer sem questionamento algum. Basta dar o comando adequado e ele, então, promoverá os acontecimentos para chegarmos aos nossos objetivos, da melhor maneira possível.

Quando efetuamos várias pequenas mudanças, estamos programando o nosso cérebro, que entenderá essa atitude como início de um processo de mudanças.

Não é que o cérebro tenha vida própria, paralela à nossa consciência. Não é bem assim!

O que acontece é que, como estamos cercados por uma gama de infinitas possibilidades, não temos condições de enxergar todas elas ao mesmo tempo. Segundo pesquisas, nosso cérebro recebe 400 milhões de bits, por segundo, de informações, dos quais processamos apenas 2mil. Conscientemente conseguimos processar, em média, de 7 a 9 (5+ ou – 2) informações simultaneamente.

Portanto, quando focamos a nossa atenção em algo, é nisso que colocamos toda a nossa energia, a nossa força de realização e esse algo, consequentemente, acaba acontecendo.

Quando avisamos o nosso cérebro sobre o que realmente queremos, ele vai dirigir a nossa atenção para o local onde estão aquelas oportunidades que até então não conseguimos vislumbrar, pelo fato da nossa atenção estar ocupada em outro ponto. Essa ajuda do nosso cérebro é preciosíssima, com a qual podemos contar sempre e que nos levará a alcançar todos os nossos objetivos.

Não é milagre. É o nosso poder, em potencial, sendo colocado em prática.

Existem pessoas muito sonhadoras, que não colocam em prática suas idéias. São muito criativas e “viajam” nessas idéias, sem, no entanto, conseguir executá-las, colocá-las em ação.

Outras pessoas são muito empreendedoras, de muita ação e que, às vezes não avaliam riscos e acabam por se dar mal.

Nenhuma das duas formas é adequada.

O melhor mesmo é buscar o equilíbrio entre o sonho e capacidade realizadora. É fazer como fazia Walt Disney. Cada projeto seu, era avaliado sob 3 ângulos diferentes: o Sonhador, o Realizador e o Crítico. Quando havia falhas em um desses aspectos o Crítico apontava e ele ia corrigindo, na medida em que fazia essa avaliação, até que o projeto se mostrasse pronto para ser colocado em ação.

Porém, aprofundando mais a nossa reflexão, é importante termos confiança no futuro e esperança de melhores dias. É importante sabermos que podemos sonhar, fazer planos, traçar metas e objetivos. É claro que vai depender do nosso empenho em darmos os devidos passos para que essa realização aconteça.

Caso você tenha alguma dificuldade em planejar ou executar seus sonhos, você pode solicitar a ajuda de um Coach, profissional de Coaching.

De qualquer forma, será o seu empenho que o conduzirá ao sucesso. Portanto, desejo-lhe muito sucesso em 2012.

Madalena Junqueira

 

Diretora do Instituto VIALUX, PNL e Coaching – SP. Atua na PNL desde 1996.

Master Coach e Business Coach – Metaforum International (ALE).

Trainer em Programação Neurolinguística – Metaforum (ALE)

Formada em Língua Portuguesa (e Linguística) – USP.

Coach, pelo ICI-Integrated Coaching Institute (EUA)

E-mail: madalenajunqueira@institutovialux.com.br

Site: www.institutovialux.com.br

Anúncios

Responses

  1. Excelente!!!!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: